Televisão, Séries & Novelas

Campanha nas redes quer quebrar o tabu do beijo entre pessoa do mesmo sexo na TV

Perfil @aquiobeijo busca mostrar a quem quiser ver, beijos todos os dias.

Rafael Zulu e Eriberto Leão protagonizam beijo na novela "O Outro Lado do Paraíso", da TV Globo. (Foto: Reprodução/TV Globo)
Rafael Zulu e Eriberto Leão protagonizam beijo na novela “O Outro Lado do Paraíso”, da TV Globo. (Foto: Reprodução/TV Globo)

O beijo apaixonado entre pessoas do mesmo sexo, parece ser ainda um dos maiores tabus da TV aberta brasileira, especialmente no seu produto mais proeminente: as novelas. Enquanto personagens heterossexuais começam e terminam romances a cada semana, apresentam cenas de beijos todos os dias, os personagens gays, especialmente, são tratados como dois amigos de futebol. O beijo, no geral, acontece apenas em uma cena, quase sempre no fim da novela. Ou seja, para mais de cem cenas de beijos entre heteros, apenas uma cena de beijo entre casais do mesmo sexo é apresentada.

Para tentar destruir essa hipocrisia a campanha #aquiobeijo puxada pelo perfil de mesmo nome, quer desmistificar esse gesto de carinho e afeto tão comum. Criada pelos mesmos criadores da hastag e da campanha #nossafamíliaexiste o objetivo é mostrar que o beijo entre pessoas do mesmo sexo é mais comum do que muita gente insiste em não admitir.

Beijo entre Felix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) em "Amor à Vida". (Foto: Reprodução/TV Globo)
Beijo entre Felix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) em “Amor à Vida”. (Foto: Reprodução/TV Globo)

O Gay1 conversou com os organizadores. Vale a pena seguir a campanha no Instagram!

Como Surgiu a ideia?

No último dia dos namorados sentimos que mais e mais casais gays estavam se mostrando, postando fotos se beijando. Ao mesmo tempo na TV praticamente não apareceu nenhum casal homoafetivo se beijando, enquanto dezenas de matérias, comerciais e cenas de novelas mostram casais heteros em cenas românticas. Ainda existe um imenso descompasso entre a realidade dos homossexuais nas cidades do país e o modo como a TV nos reconhece. A mídia já assume a nossa existência e já fala abertamente sobre as diversas nuances de ser gay, mas nosso afeto e a expressão dele ainda é interditado na grande maioria dos produtos culturais da TV aberta. É como se existíssemos, mas não tivéssemos afeto, sentimentos ou vida sexual. Enquanto isso os casais gays estão cada vez mais se beijando no metro, nas praças, nos shoppings, nas ruas e nas redes.

Casal Teresa e Estela e os namorados Sérgio e Ivan se beijaram no final da novela Babilônia. ( Foto: Reprodução/TV Globo)
Casal Teresa e Estela e os namorados Sérgio e Ivan se beijaram no final da novela Babilônia. ( Foto: Reprodução/TV Globo)

Por que o Instagram?

Segundo informações do próprio Instagram, o país tem a segunda maior base de usuários da rede, com 50 milhões de usuários ativos mensais (são 800 milhões no mundo todo). A audiência da TV está cada vez mais pulverizada, e muita gente já passa mais tempo na frente do celular do que da televisão. Temos uma geração cada vez mais desencanada como a sua sexualidade, uma geração de homossexuais que se assumem cedo e heterossexuais que já não se importam em ter amigos, filhos, irmãos, primos ou mesmo pais gays. A ideia é mostrar que é hipócrita mostrar nosso afeto como se fosse uma coisa rara. Não dá mais para tratarem nossos beijos como se fossem eclipses solares.

Como um casal pode participar?

Basta postar a foto se beijando (com alguém do mesmo sexo) no seu perfil do Instagram com a hastag #aquiobeijo. Se o perfil for público vamos ir juntando tudo no perfil da ação @aquiobeijo

Leon e Rudá se beijam na novela os 'Dias Eram Assim'. (Foto: Reprodução)
Leon e Rudá se beijam na novela os ‘Dias Eram Assim’. (Foto: Reprodução)
Primeiro entre personagens do mesmo sexo em uma novela brasileira foi em 'Amor e Revolução' do SBT. (Foto: Reprodução/SBT)
Primeiro entre personagens do mesmo sexo em uma novela brasileira foi em ‘Amor e Revolução’ do SBT. (Foto: Reprodução/SBT)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo