Minas Gerais

Policiais militares se casam no interior de Minas Gerais: “Nos respeitam”

Victor Morais e Wilker Figueiredo moram em Itaobim e mantinham relacionamento discreto até decidirem oficializar a união.

Victor Morais e Wilker Figueiredo moram em Itaobim e mantinham relacionamento discreto até decidirem oficializar a união. (Foto: Reprodução/Instagram)
Victor Morais e Wilker Figueiredo moram em Itaobim e mantinham relacionamento discreto até decidirem oficializar a união. (Foto: Reprodução/Instagram)

Policiais militares de Minas Gerais desde 2016, Victor Morais e Wilker Figueiredo vivem na cidade de Itaobim, interior do estado. Eles se conheceram em 2013, durante a faculdade de engenharia hídrica de Teófilo Otoni, viraram amigos e depois começaram a namorar. O casal mantinha o relacionamento com discrição na cidade. Até que, em dezembro de 2018, decidiram se casar.

Em entrevista ao site Universa, Morais contou que eles tinham receio de não serem aceitos na corporação e na cidade interiorana. “Ao longo do tempo, as pessoas foram descobrindo, mas a gente entrou sem falar nada para ninguém”, disse.

Ao longo do processo, surgiram piadas homofóbicas entre os colegas, mas predominou o respeito. “Faz dois anos que estamos aqui em Itaobim. Quando a gente resolveu se casar, decidiu tornar nosso amor público e estar com as pessoas que estão no ciclo de amizade. Todos nos respeitam. Para que ficar fingindo? Se esconder?”, completou.

Morais contou que eles tinham receio de não serem aceitos na corporação e na cidade interiorana.  (Foto: Reprodução/Instagram)
Morais contou que eles tinham receio de não serem aceitos na corporação e na cidade interiorana. (Foto: Reprodução/Instagram)
A mudança do casal para Itaobim virou notícia na cidade. “Todo mundo só falava disso”, lembra Morais. “A gente ter chegado antes e mostrado o nosso serviço fez com que fôssemos aceitos com mais facilidade”, continuou.

Eles se conheceram em 2013, durante a faculdade de engenharia. (Foto: Reprodução/Instagram)
Eles se conheceram em 2013, durante a faculdade de engenharia. (Foto: Reprodução/Instagram)

Mostre mais

Artigos relacionados

7 comentários

  1. Engraçado, os próprios sites e midia gays só enaltecem esses gays heteronormativos. Como se eles fossem os únicos modelos para seguir.

    1. Não sei os outros sites, mas se dê uma olhada aqui nesse vai ver que tem várias matérias que enaltecem todos os tipos de pessoas LGBT. Por isso gosto de acessar esse.

    2. Não é o único modelo a seguir, mas representa a maioria dos gays, pois apenas uma pequena parte vivem como se fosse carros alegóricos. Eu e meu companheiro, juntamente com todo nosso círculo de amigis gays, somos homens como quaisquer outros e nos sentimos muito bem representados pela matéria. Respeite as diferenças!

  2. Não gosto de polícia.
    Lembro logo da instituição assassinada e fascista.
    Espero que estes lutem contra o sistema também!
    Ah, todo apoio ao casal, que sejam felizes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo