Bahia

Amigos e familiares de rapaz que levou 4 tiros após beijo em ficante protestam na Bahia

Manifestação ocorreu em Camaçari, cidade onde vítima foi atacada.

Amigos e familiares fazem protesto em Camaçari. (Foto: Arquivo pessoal)
Amigos e familiares fazem protesto em Camaçari. (Foto: Arquivo pessoal)

Amigos e familiares do homem que levou quatro tiros após beijar outro rapaz dentro de um bar na Bahia fizeram um protesto nesta terça-feira (22), em Camaçari, na região metropolitana de Salvador.

Marcelo Macedo, de 33 anos, foi agredido na noite do último domingo (20), também em Camaçari. Um grupo de homens que estava no bar é suspeito do ataque, mas nenhum deles foi localizado.

Segundo os manifestantes, o protesto começou por volta das 17h30, na Avenida Jorge Amado e seguiu até a delegacia da cidade. O ato foi finalizado às 19h.

Com cartazes nas mãos, eles pediram justiça e respeito.

Caso

Vítima de homofobia, Marcelo Macedo foi agredido e baleado em um bar na Bahia. (Foto: Reprodução/Instagram)
Vítima de homofobia, Marcelo Macedo foi agredido e baleado em um bar na Bahia. (Foto: Reprodução/Instagram)

Marcelo Macedo foi agredido e baleado após trocar beijos com outro homem, em um bar da cidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador.

De acordo com a delegada Thais Siqueira, titular do município, a vítima contou que antes do ataque começar foi questionada “se não tinha vergonha de fazer isso na frente de pais de família”.

Segundo a delegada, um dos tiros atingiu um dos braços da vítima e outros três o abdômen.

Após o ataque, os suspeitos fugiram do local do crime, e Marcelo foi levado para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), onde segue internado nesta terça-feira. Segundo familiares, ele passa bem.

A autoria do crime está sob investigação. De acordo com a delegada Thais Siqueira, câmeras de segurança do bar foram solicitadas e testemunhas serão ouvidas nos próximos dias para esclarecer o caso.

Vítima de homofobia, Marcelo Macedo foi agredido e baleado em um bar na Bahia. (Foto: Reprodução/Instagram)
Vítima de homofobia, Marcelo Macedo foi agredido e baleado em um bar na Bahia. (Foto: Reprodução/Instagram)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo