Mundo

Festival LGBT coloca filmes em streaming após cancelamento por coronavírus

A ideia é oferecer a oportunidade para que quem comprou ingressos possa assistir aos filmes de casa.

O filme sueco-gorgiano "E Então Nós Dançamos" é um dos que seria exibido no festival. (Foto: Divulgação)
O filme sueco-gorgiano “E Então Nós Dançamos” é um dos que seria exibido no festival. (Foto: Divulgação)

O Festival de Cinema LGBTQI+ de Londres vai lançar amanhã um serviço de streaming após o cancelamento do evento em virtude do surto do novo coronavírus no Reino Unido.

A ideia do Instituto de Cinema Britânico (BFI) é oferecer a oportunidade para que quem comprou ingressos para o festival possa assistir aos filmes de casa no BFI Flare at Home, serviço de streaming do instituto.

Quem comprou os ingressos consegue assistir aos filmes de graça até o dia 29 de março. Quem não comprou, pode usar o período de 15 dias de graça oferecido pelo serviço.

Dentre os filmes a serem exibidos no Festival de Cinema LGBTQI+ de Londres estava um concorrente à Palma de Ouro de Cannes, o “E Então Nós Dançamos”. O filme é sueco-georgiano e tem direção de Levan Akin.

Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo